Central de Atendimento:
(18) 3652.4788
Área do Aluno:
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
- Anglo: "Aqui se ensina. Aqui se aprende"; "Aula dada. Aula estudada, HOJE."
Como aumentar a atenção e o engajamento dos alunos nos estudos online?
Publicado: 01 de junho de 2021

Práticas pedagógicas no ensino remoto devem ser diferentes das adotadas no presencial e envolver mais dinamismo, participação dos estudantes e uso de metodologias ativas

Depois de mais de um ano de pandemia, em que as aulas seguem na maior parte das escolas no modelo remoto, manter a atenção e o engajamento dos alunos nos estudos online se torna um grande desafio.

“A percepção que temos é que existe uma exaustão de toda a equipe, professores e estudantes, todos muito cansados desse cenário. Por outro lado, percebemos que esse ambiente digital, que até então era pouco explorado pelas escolas, hoje é muito mais conhecido, tanto pelos docentes como pelos alunos, que já lidam desde pequenos com o ambiente tecnológico, mas não no contexto educacional”, diz Anderson Alberto da Silva, assessor pedagógico do Sistema Anglo.

Segundo ele, desde o começo do ensino remoto ficou claro para a gestão e os professores que as práticas pedagógicas deveriam ser diferentes das adotadas no presencial. “Os professores foram se dando conta de que o modelo precisava de mudanças, e elas continuam sendo necessárias. O processo é dinâmico, e alterações necessitam ser feitas.”

Como regras básicas, Anderson indica deixar câmeras ligadas para o professor perceber se de fato o aluno está acompanhando a aula e, na medida do possível, promover interação com os estudantes por meio de perguntas, chamando-os pelos nomes, para mantê-los atentos e motivados. Em relação às práticas pedagógicas, é recomendável que os professores preparem aulas mais dinâmicas e que motivem o engajamento e o protagonismo dos estudantes.

 

Fonte: https://blog.aquitemanglo.com.br/ 

 

Uma sugestão é o uso de metodologias ativas, para garantir que o aluno seja o centro da aprendizagem, como a sala de aula invertida e a rotação por estações de aprendizagem. “Vale a pena também um esforço dos professores e dos gestores em repensar o tempo da aula, no sentido de diminuir a duração da aula expositiva, para não levar a uma exaustão e criar momentos de maior participação dos alunos”, recomenda.

Anderson observa ainda que fala-se muito em ensino híbrido, mas esse conceito remete à adoção de práticas pedagógicas diferenciadas, buscando maior participação do aluno. “Isso é essencial no ensino remoto para podermos superar esse cansaço e fazer com que a aprendizagem seja mais significativa.”

Como exemplos de propostas que ajudam a despertar o interesse dos estudantes e dar protagonismo a eles, ele cita algumas ferramentas usadas pelo Anglo, como o Matific, que utiliza gamificação para matemática, os Cloud Labs, laboratórios digitais para as aulas de ciências da natureza, e os vídeos Twig e Tigtag.

Outra medida que cabe à escola, de acordo com ele, é orientar as famílias e os alunos de como estudar e se comportar nesse ambiente digital, pois trata-se de uma situação nova  para a qual não estão habituados. “E, para os professores, mais do que nunca, é importante ter o domínio pedagógico do meio tecnológico”, completa o assessor.

 

 

Anglo Penápolis - Estudar aqui faz diferença!
Entre em contato com o Anglo (18) 3652.4788
Endereço: Rua: Augusto Pereira de Moraes, 1907, Cagliari - Penápolis - SP | CEP: 16303-410 | Contato via e-mail: secretaria@anglopenapolis.com.br
Siga-nos:
© Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar internet